Correios: Encomendas devem chegar mais rápido em alguns estados

A empresa garante ter mais agilidade na entrega de mercadorias, o que auxilia empreendedores em seus negócios durante a pandemia

A pandemia da Covid-19 mudou vários hábitos no mundo, dentre eles a forma de consumir. Com as medidas restritivas que decretam o fechamento ou a diminuição do tempo de abertura de shoppings centers e lojas, mais brasileiros passaram a fazer compras pela internet.

Segundo uma pesquisa realizada pela Mastercard e Americas Market Intelligence (AMI), houve um aumento de 46% no volume de compras online durante a pandemia e 7% compraram via online pela primeira vez. Com isso, consequentemente, a quantidade de entrega de mercadorias pelos Correios também cresce.

Os Correios então tiveram que implementar adaptações para agilizar os serviços de encomendas nacionais e internacionais. Durante o mês de março a empresa reduziu os prazos de entrega de SEDEX em mais de 14 mil trechos dentro dos Estados de Alagoas, Amazonas, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

A empresa salienta a importância da redução do prazo de entrega de mercadorias com o objetivo de atender às necessidades dos clientes de forma cada vez mais rápida, é muito importante para empreendedores e lojistas de todo o país, principalmente para as pequenas e médias empresas na manutenção dos seus negócios.   Os preços e prazos dos produtos dos Correios estão disponíveis no site da empresa ou via integração web service. Mais informações podem ser obtidas junto à equipe de Atendimento Comercial dos Correios no link.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments