Deputado denuncia quatro Brothers ao Ministério Público. Saiba quem são os denunciados

Deputado denuncia quatro Brothers ao Ministério Público por intolerância religiosa. Saiba quem são os denunciados

Átila Nunes
Átila Nunes

Esta edição do Big Brother Brasil ainda não tem nem um mês no ar, mas já está repleto de tretas dentro e fora do reality. Dessa vez a coisa ficou séria! O Deputado Estadual do Rio de Janeiro, Átila Nunes, anunciou hoje em suas redes sociais que está feita a denúncia de quatro dos participantes do BBB 21 por intolerância religiosa.

A queixa se refere à chacota feita por Nego Di, Karol Conká, Projota e Lumena aos símbolos religiosos da Umbanda e Candomblé. Eles teriam ironizado o Orixá Xangó ao utilizar o nome da entidade como um verbo e de forma pejorativa repetindo frases como: “”Eu xangôzei”, “Cheguei a xangôzar no quarto, véi”.

Um dos argumentos do político para tomar a decisão de denunciar, é que a atitude dos participantes estimula ataques às religiões de matriz africana já tão desrespeitada no Brasil. Ele ainda se diz surpreso com o fato de Lumena afirmar ser candomblecista e agir dessa forma.

A postagem de Átila Nunes no Instagram (@atilanunesoficial) já contabiliza mais de 1.800 curtidas e comentários de seguidores agradecidos pelo gesto do parlamentar, que em seu texto salienta ainda o fato das pessoas com essa postura serem todas negras e fazerem isso em um programa de repercussão nacional.

Deu ruím! E você? Concorda com o Deputado ou acha que os brothers não falaram por mal? Nos conte sua opinião aqui nos comentários.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Saint Clair Lôbo
Admin
10 de fevereiro de 2021 20:12

O pessoal acha que lá é a casa da mãe joana, que pode tudo.

Daniela
Daniela
11 de fevereiro de 2021 13:06

Se falaram ou nao por mal, nao tem que achar nada. Fatos sao fatos, um ladrao que nao rouba por mal ainda assim e penalizado perante a lei. Intolerancia religiosa e crime, e pronto.