Morre baiana de 11 anos que teve o tratamento negado pela União

Yasmin Nunes Bastos tinha um câncer raro, leucemia linfoide aguda (LLA) e o tratamento indicado era o Car-T Cell, nos Estados Unidos

Morre baiana de 11 anos que teve o tratamento negado pela União
Yasmin lutava contra a doença desde 2015 -Foto: Reprodução/TV Subaé

Yasmin Bastos Nunes, de 11 anos, foi enterrada neste domingo (07) em Feira de Santana decorrente de um tipo grave de leucemia.

Na luta contra a doença, familiares e amigos lançaram uma campanha na internet para arrecadar dinheiro e financiar o tratamento da menina nos Estados Unidos.

Já que a única alternativa para o câncer raro, leucemia linfoide aguda (LLA), de Yasmin era o tratamento Car-T Cell, os pais dela apelaram para a Defensoria Pública da União (DPU) para bancar os custos.

No entanto, em outubro, a mãe dela, Viviane Bastos, contou nas redes sociais que a a justiça Federal tinha determinado o depósito de R$ 1.914.535,77 para complementar o tratamento, mas que a União tinha recorrido da liminar.

Assim, o depósito do valor não aconteceu. Viviane contou ainda, que nas últimas semanas a doença avançou muito e não respondia mais à quimioterapia.

Durante o enterro de Yasmin, várias pessoas vestidas de branco, portavam cartazes com a marca da campanha que pretendia ajudar no tratamento.

Imagem da campanha solidária divulgada nas redes sociais para o tratamento de Yasmin – Imagem: Reprodução
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments