Anvisa concede registro definitivo à vacina Pfizer hoje (23/02)

A Anvisa é a primeira agência reguladora a conceder o registro de uma vacina contra a Covid-19, segundo a Organização Pan-Americana de Saúde

Após 17 dias de análise, a Anvisa concedeu hoje (23/02) o registro definitivo à vacina da Pfizer desenvolvida em parceria com a empresa alemã BioNetch. O Presidente da instituição, Antônio Barra Torres anunciou que foram feitos testes de segurança, qualidade e eficácia no imunizante pela equipe técnica de servidores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Apesar de ser o primeiro imunizante a obter o registro definitivo no Brasil, ainda não está disponível em terras brasileiras.  Em dezembro a Pfizer anunciou que não faria pedido para uso emergencial da vacina no Brasil e que seguiria com o processo para o registro. O laboratório informa que 2,9 voluntários participaram dos testes clínicos aqui, com resultados satisfatórios de 95% de eficácia contra o novo coronavírus.

Até o momento, as vacinas aplicadas no Brasil são para uso emergencial: A Coronavac, em parceria entre o Instituto Butantan e a farmacêutica chinesa Sinovac, e a AsttraZeneca, fruto da parceria entre a Fundação Oswaldo Cruz e a Universidade de Oxford.

A página do Ministério da Saúde, criado especificamente para o cidadão acompanhar o processo de vacinação no país, informa que 5.982.471 doses foram aplicadas. São 10.195.160 casos notificados da doença, com 9.108.205 recuperados e 247.143 vítimas fatais em todo o Brasil.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments