YouTube remove live de Bolsonaro e suspende canal por uma semana

A plataforma de vídeos, YouTube, excluiu a live de Bolsonaro por propagação de notícias falsas sobre a vacina contra a Covid. Saiba mais

YouTube remove live de Bolsonaro e suspende canal por uma semana
YouTube suspende canal de Bolsonaro por uma semana - Foto: Reprodução

No início da noite desta segunda-feira (25). o YouTube informou que removeu a live de Bolsonaro da plataforma porque durante o conteúdo, ele propaga fake news.

Durante o veiculação do material ao vivo, o presidente alega que quem toma a vacina contra a covid-19 corre o risco de contrair Aids, além de outras doenças infecciosas.

O YouTube informou que o conteúdo do dia 21 de outubro foi excluído por “violar suas diretrizes de desinformação médica sobre a Covid-19”.

Não somente YouTube, mas o Facebook também excluiu o conteúdo. Já o Twitter sinalizou sobre a mentira mas manteve a publicação.

De acordo com as regras da plataforma, Bolsonaro já tinha recebido uma notificação em julho pela propagação de notícias falsas. Então, dessa vez, está impedido de enviar vídeos e fazer transmissão ao vivo durante uma semana.

Procurado pelo G1, o Departamento de Saúde e Assistência Social do Reino Unido afirma que a publicação é de um site que propaga “fake news” e teorias da conspiração e diz que a história não é verdadeira.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments